Ragnarok: Temporada 1

Jan. 31, 2020
Sua avaliação 0
10 1 Voto

Ragnarok 1 Temporada. Em uma cidade norueguesa envenenada pela poluição e abalada por geleiras derretendo, o fim dos tempos parece real. Só uma lenda poderá combater um mal antigo.

A expans√£o global da¬†Netflix n√£o se limita a disponibilizar a plataforma em v√°rios pa√≠ses. Por√©m, tamb√©m inclui ter conte√ļdo original de todos os cantos do mundo. Foi assim na Espanha, Brasil, Pol√īnia, portanto agora o streaming¬†chega √† Noruega com¬†Ragnarok. Os v√°rios deuses, her√≥is e contos que comp√Ķem a mitologia n√≥rdica s√£o o maior sucesso de exporta√ß√£o do norte europeu. Basta observar¬†Vikings¬†que, mesmo em uma emissora amadora para fic√ß√£o, conquistou o mundo.

A nova produção entende isso e questiona como esses elementos funcionariam no mundo moderno ao trazer a história do jovem Magne (David Stakston). Que descobre ter os poderes de Thor, o deus do trovão. Mas o seriado não pode ser descrito apenas como uma história de origem. Na verdade, é uma enorme mistura de gêneros.

Crítica

A s√©rie adolescente combina o autodescobrimento e treinamento do protagonista com um arco de¬†high school, que explora rela√ß√Ķes e popularidade na escola, mas tamb√©m toca paralelamente uma conspira√ß√£o governamental. Para fechar com chave de ouro, h√° um lado sobrenatural, em que a fam√≠lia que comanda a pequena cidade de Odda atrav√©s de dinheiro e influ√™ncia s√£o criaturas anci√£s disfar√ßadas.¬†Ragnarok¬†se bagun√ßa tanto nas abordagens e possibilidades narrativas que at√© esquece que precisa de algo para contar. Nenhuma trama ganha destaque como a principal e, como consequ√™ncia, tudo √© desenvolvido pela metade.

Ragnarok 1 Temporada

O programa n√£o parece valorizar muito bem a no√ß√£o de construir suas viradas. Assim a motiva√ß√£o de Magne em derrubar a fam√≠lia poderosa da cidade v√™m da suposta morte acidental de sua √ļnica amiga da escola, entretanto, j√° que ele suspeita que a pol√≠cia e seus professores encobrem a verdadeira causa. O problema √© que tudo isso acontece ao longo dos 45 minutos do piloto – que come√ßa com o protagonista, seu irm√£o e sua m√£e chegando na cidade em quest√£o.

Quando a garota morre, √© dif√≠cil sentir qualquer coisa. logo ela n√£o √© a √ļnica que desperta esse efeito, afinal nenhum personagem √© realmente marcante, f√°cil de se conectar ou tem algum semblante de naturalidade. Tanto o roteiro quanto as atua√ß√Ķes s√£o t√£o frias quanto os cen√°rios congelados em que Ragnarok¬†se passa. O mais pr√≥ximo de carisma encontrado aqui √© Laurits (Jonas Strand Gravli), o sarc√°stico irm√£o de Magne que √© uma alus√£o bastante √≥bvia a Loki, o deus da trapa√ßa.

Ambientação

O que salva o seriado de ser completamente mon√≥tono √© sua boa ambienta√ß√£o. Odda n√£o s√≥ tem bel√≠ssimas vistas montanhosas, muito bem aproveitadas pela fotografia e dire√ß√£o, como tamb√©m se liga diretamente √† premissa. Como informa um professor no primeiro epis√≥dio, a pequena cidade norueguesa foi a √ļltima do pa√≠s a se converter ao cristianismo, ou seja, √© o lugar onde ocorreu o fim de todos os deuses antigos – evento conhecido na mitologia como Ragnarok.

Simbolismos do tipo n√£o s√£o apontados com muita sutileza (geralmente s√£o expostos em di√°logos), mas enriquecem o resgate dos contos n√≥rdicos cl√°ssicos. Sem esconder o tom ambientalista, o programa olha para a situa√ß√£o atual da Noruega e do mundo, e usa o contraste com conceitos cl√°ssicos como forma de cr√≠tica pol√≠tica. Mesmo que seja raso e discursivo, h√° alguns paralelos interessante com as hist√≥rias originais. A rela√ß√£o com a natureza era parte integral das cren√ßas dos povos n√≥rdicos, que at√© usavam os deuses como justificativa para diversos fen√īmenos naturais.

Heróis

Quando trazidos para o mundo moderno, os her√≥is s√£o representados como os jovens ativistas, e os inimigos – criaturas com fome de adora√ß√£o e destrui√ß√£o chamadas de gigantes – viram as fam√≠lias ricas, donas de ind√ļstria, cujo poder os livra de qualquer consequ√™ncia. Ainda que n√£o seja t√£o bem constru√≠da, √© a combina√ß√£o que soa ousada e original.

Mesmo sendo facilmente o elemento mais explorado, esse comentário social sofre de desenvolvimento precário e falta de uma conclusão, já que a série apenas termina, sem fechar nenhuma das várias tramas que abre.

H√° certa frieza em todo aspecto da obra, seja no texto pr√≥-meio-ambiente, nas atua√ß√Ķes, nas lutas sobrenaturais ou no drama adolescente. No fim das contas,¬†Ragnarok¬†surpreende por ser uma mistura de tantas abordagens diferentes que n√£o chega em lugar algum.

Assistir Ragnarok 1 Temporada Online

Compartilhamentos0

Deixe seu coment√°rio

Name *
Add a display name
Email *
Seu e-mail n√£o ser√° publicado
Website