What's happening?

Vídeo 865 Views Report Error

  • Watch trailer
  • DUBLADO
Viva РA Vida é uma Festa

Viva РA Vida é uma Festa

A Vida é uma FestaOct. 27, 2017USA109 Min.PG
Your rating: 0
10 1 vote

Sinopse

Viva РA Vida é uma Festa

O aspirante a m√ļsico Miguel, deve lidar com sua fam√≠lia que desaprova seu sonho, acaba entrando na Terra dos Mortos para encontrar seu trisav√ī, um cantor lend√°rio.

Crítica

Ao contr√°rio dos filmes tradicionais da Disney, as anima√ß√Ķes da Pixar sempre trataram a morte de maneira pudica, discreta. Enquanto¬†A Bela e a Fera¬†ousava matar seu vil√£o jogando-o do alto de uma torre imensa, o vil√£o de¬†Toy Story 3, por exemplo, era punido com uma vida ruim ao inv√©s da morte. Agora, a Pixar ousa abordar o assunto com uma frontalidade at√≠pica e bem-vinda:¬†Viva – A Vida √© uma Festa¬†explora n√£o apenas a morte natural, mas as mortes por acidente, o assassinato e a morte simb√≥lica, ou seja, o esquecimento.

 

O conte√ļdo poderia soar √°rido demais para o p√ļblico infantil, por√©m o diretor¬†Lee Unkrich suaviza a ideia com m√ļsica, poesia e afeto familiar. A hist√≥ria gira em torno de um garotinho apaixonado por can√ß√Ķes, vivendo dentro de uma estrutura matriarcal onde a m√ļsica √© banida devido a um trauma: como o tatarav√ī abandonou a esposa e os filhos pequenos para seguir a carreira de artista, a dor familiar foi deslocada do homem para o seu outro objeto de paix√£o, no caso, a arte. O pequeno Miguel, f√£ das melodias rom√Ęnticas do √≠dolo Ernesto de la Cruz, nutre em segredo o sonho de se tornar artista. Mas seria poss√≠vel articular o amor pelos familiares e o amor pela arte? Ou ainda, o senso de aventura e a vida dom√©stica?

Ao confrontar o pequeno Miguel √† morte, e portanto ao limite de seus desejos, o roteiro de Viva¬†felizmente foge √† chantagem emocional, feito rar√≠ssimo em produ√ß√Ķes do g√™nero. Ele se confronta aos antepassados, que retornam no Dia dos Mortos sob forma de esqueletos com roupas e maquiagem, de modo a ilustrarem as pessoas que foram um dia. Ossos s√£o transformados em brinquedos, o corpo √© visto como mero acess√≥rio. √Č bel√≠ssimo o modo como o filme conjuga espiritualidade e cultura mexicana sem pregar a verdade √ļnica da religi√£o, nem o didatismo da import√Ęncia cultural. A excelente piada com Frida Kahlo exemplifica a representa√ß√£o da cultura erudita de modo leve e l√ļdico, ao inv√©s do tom solene das invoca√ß√Ķes hist√≥ricas.

Viva РA Vida é uma Festa

 

A espiritualidade da trama dispensa a necessidade de igrejas e padres, enquanto a paix√£o pela m√ļsica e pela poesia trazem a cultura ao cotidiano. A fam√≠lia de Miguel n√£o percebe, mas se manifesta artisticamente cada vez que decora a casa para o Dia dos Mortos, mesmo detestando a arte como tenta√ß√£o perigosa. Unkrich trata todos os personagens e cen√°rios com o mesmo carinho: ele cria uma aura dourada nos mortos, um longo corredor de p√©talas para ligar os vivos ao al√©m e imagina uma cidade de esqueletos com funcionamento an√°logo ao nosso.¬†Viva¬†se dissocia da no√ß√£o manique√≠sta de c√©u e inferno, preferindo a transfer√™ncia harm√īnica e igualit√°ria para outro plano de exist√™ncia, no qual o elemento mais importante √© ser lembrado por aqueles que ainda vivem.

 

Por isso mesmo, a bela can√ß√£o-tema se chama ‚ÄúLembre de Mim‚ÄĚ, destacando o papel da mem√≥ria na manuten√ß√£o do afeto. Esse √© um atalho fundamental encontrado pela hist√≥ria: ao inv√©s de sugerir que o amor pela fam√≠lia passa obrigatoriamente pela presen√ßa f√≠sica ao lado dos parentes, o amor se encontra na lembran√ßa de quem cuidou de n√≥s. A no√ß√£o de um amor n√£o-f√≠sico possibilita o afeto com os antepassados mortos e permite igualmente que uma pessoa seja, ao mesmo tempo, apegada aos pais, tios e av√≥s, mas tamb√©m um artista percorrendo o mundo com a sua arte. O dilema Miguel, entre ficar e partir, √© solucionado pela narrativa atrav√©s de uma bela via alternativa.

Viva РA Vida é uma Festa

Tecnicamente, o filme demonstra a seguran√ßa da Pixar na cria√ß√£o de personagens e cen√°rios. Ao inv√©s de se colar ao m√°ximo √† t√©cnica realista, o est√ļdio privilegia a riqueza da fotografia, dos sons, da montagem, da dire√ß√£o de arte.¬†Viva¬†impressiona pela bel√≠ssima constru√ß√£o da luz no Dia dos Mortos, pelos figurinos, pela maneira singela como explica a hist√≥ria de v√°rias gera√ß√Ķes atrav√©s de bordados t√≠picos mexicanos. A edi√ß√£o de som consegue usar v√°rias faixas musicais sem satura√ß√£o, brincando com o volume e a intera√ß√£o inesperada com outros tipos de sons (ru√≠dos, di√°logos). Acima de tudo, o filme sabe muito bem como e quando usar o sil√™ncio – outra raridade num projeto infantil. E os sil√™ncios desta hist√≥ria s√£o de cortar o cora√ß√£o.

 

Talvez este seja um dos aspectos mais bem-sucedidos da obra: a conex√£o honesta e simples com os sentimentos do p√ļblico.¬†Viva¬†est√° longe da originalidade de¬†Divertida Mente, por exemplo, mas se sai muito melhor no trabalho emotivo e na constru√ß√£o dos personagens. A Pixar ainda sabe como ningu√©m dar profundidade a cada personagem coadjuvante, entendendo os seus motivos ao inv√©s de julg√°-los apressadamente. Esta hist√≥ria tem espa√ßo para desenvolver a personalidade da m√£e, da av√≥, do tio, cada um dotado de uma trajet√≥ria √ļnica.

 

O √ļnico por√©m do filme seria a reviravolta, no cl√≠max, semelhante demais √†quela de pelo menos dois outros filmes da Pixar. Os f√£s dos est√ļdios devem antecipar facilmente tal transforma√ß√£o, mas pouco importa: a f√≥rmula ainda funciona atrav√©s de uso impec√°vel de som e imagens. Melhor ainda quando desloca o foco da cultura americana para os sons e as cores mexicanas, colocando as mulheres em pap√©is de controle e expandindo a no√ß√£o de fam√≠lia tradicional. O filme obt√©m sucesso na articula√ß√£o improv√°vel entre a tradi√ß√£o e a modernidade, homenageando o melhor de ambos os mundos sem desrespeitar as cren√ßas de nenhum deles.

Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Viva РA Vida é uma Festa
Título original Coco
IMDb Rating 8.4 395,220 votes
TMDb Rating 8.2 11,191 votes

Director

Lee Unkrich
Director

Elenco

Anthony Gonzalez isMiguel Rivera (voice)
Miguel Rivera (voice)
Gael García Bernal isHéctor (voice)
Héctor (voice)
Benjamin Bratt isErnesto de la Cruz (voice)
Ernesto de la Cruz (voice)
Alanna Ubach isMam√° Imelda Rivera (voice)
Mam√° Imelda Rivera (voice)
Renée Victor isElena Rivera (voice)
Elena Rivera (voice)
Ana Ofelia Murguía isMamá Socorro
Mam√° Socorro "Coco" Rivera (voice)
Edward James Olmos isChicharrón (voice)
Chicharrón (voice)
Antonio Sol isErnesto de la Cruz (singing voice)
Ernesto de la Cruz (singing voice)
Alfonso Ar√°u isPap√° Julio Rivera (voice)
Pap√° Julio Rivera (voice)
Selene Luna isTía Rosita Rivera (voice)
Tía Rosita Rivera (voice)
Compartilhamento0

Títulos Similares

O Congresso Futurista
InuYasha 1: Sentimentos que Transcendem o Tempo
Cinquenta Tons de Preto
Elfland
Entre Vinho e Vinagre
Amor Ao Primeiro Filho
As Cr√īnicas de N√°rnia: O Le√£o, a Feiticeira e o Guarda-Roupa
Batman vs Superman: A Origem da Justiça
Chacun chez soi
Correndo com Tesouras
Dolittle
Elsewhere

Deixe um coment√°rio

Name *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published