What's happening?

Vídeo 128 Views Report Error

  • Watch trailer
  • DUBLADO
Minha Fama de Mau

Minha Fama de Mau

Feb. 14, 2019Brazil120 Min.PG
Your rating: 0
8 1 vote

Sinopse

Minha Fama de Mau

Na Tijuca dos anos sessenta o jovem Erasmo Carlos alimenta uma paix√£o: o rock and roll. F√£ de Elvis, Bill Haley e Chuck Berry, ele aprende a tocar viol√£o enquanto vive de sonhos, bicos e pequenas delinqu√™ncias. Sua fama de roqueiro atrai Roberto Carlos , e logo se tornam parceiros e amigos. Um mega sucesso chega com a Jovem Guarda, programa de televis√£o onde Roberto, Erasmo e Wanderlea s√£o a atra√ß√£o principal. “Minha Fama de Mau” √© um mergulho emocionante na m√ļsica e na vida de Erasmo Carlos que, com cabe√ßa de homem e cora√ß√£o de menino, se tornou o Tremend√£o, s√≠mbolo vivo do rock nacional.

Crítica

At√© que demorou. Em meio a tantos projetos envolvendo √≠cones da m√ļsica popular brasileira, no cinema e no teatro, era de se estranhar que nada tenha surgido (at√© ent√£o) envolvendo a Jovem Guarda, movimento √≠cone dos anos 1960 que balan√ßou cora√ß√Ķes e mentes dos jovens da √©poca.¬†Minha Fama de Mau¬†vem suprir esta lacuna, tendo por base a vida de um dos principais nomes do movimento:¬†Erasmo Carlos.

Dirigido por¬†Lui Farias, o longa-metragem √© h√°bil ao encampar a Jovem Guarda n√£o apenas como fen√īmeno musical, mas tamb√©m comportamental – especialmente ao ressaltar ser esta a principal caracter√≠stica do movimento. N√£o se trata de denegrir as can√ß√Ķes e m√ļsicos, esfor√ßo empreendido por v√°rios cr√≠ticos da √©poca, mas de contextualizar o momento do pa√≠s de forma a melhor compreender sua explos√£o popular, tendo sempre por base a carreira do pr√≥prio Erasmo. At√© por isso,¬†Minha Fama de Mau¬†foge do tema pol√≠tico, sequer lembrando o espectador de que os fatos narrados aconteceram em plena ditadura militar. Para este filme, tal informa√ß√£o n√£o importa – o que deixa ainda aberta a lacuna acerca do filme definitivo sobre a Jovem Guarda, em toda sua abrang√™ncia.

A partir da efervesc√™ncia musical da Tijuca, ber√ßo tamb√©m de Tim Maia (Vin√≠cius Alexandre, em boa composi√ß√£o do estilo inconfund√≠vel do cantor, mesmo na juventude), o filme acompanha a saga de Erasmo antes mesmo de aprender m√ļsica de fato, quando era um mero f√£ do que vinha l√° de fora – empolgado com o ritmo e visual alheios, ele busca o rock’n’roll style ao dedilhar suas primeiras notas e se arriscar no microfone. Tal jornada √© apresentada a partir de um mix de estilos narrativos, que nem sempre dialogam bem entre si. Da quebra da quarta parede √† presen√ßa de um narrador em off, Minha Fama de Mau passa ainda por mudan√ßas de formato de tela, personagens desenhados a m√£o, sonhos, enquadramento no estilo quadrinhos, imagens de √©poca e uma atriz que se desdobra em v√°rios personagens, sempre em participa√ß√Ķes bem pequenas – e, muitas vezes, sem qualquer import√Ęncia. Soma-se a isso um punhado de di√°logos artificiais, que transmitem a ansiedade em rapidamente proporcionar ao espectador o reconhecimento dos personagens em cena.

Por mais estranha que seja, tal estrutura narrativa tem justificativa, dada pelo pr√≥prio filme. Em determinada cena, Roberto e Erasmo Carlos est√£o juntos em um √īnibus, compondo a letra de “Parei na Contram√£o”. Um deles pergunta: “mas como voc√™ quer fazer uma m√ļsica sobre carros que tenha um ritmo lento?” Lui Farias segue a mesma t√°tica: ao rodar um filme sobre juventude, mesmo que de √©poca, ele busca a novidade como formato narrativo, no sentido de dialogar esteticamente com sua mat√©ria-prima. Por mais que at√© seja uma proposta interessante, a m√° execu√ß√£o de boa parte de tais tentativas traz ao filme um ar de estranhamento, em seu ter√ßo inicial. √Č apenas quando sossega nas experimenta√ß√Ķes, assumindo um ritmo mais tradicional, que o filme se encontra de fato. N√£o por acaso, √© quando a Jovem Guarda inicia.

Em meio à histeria decorrente do sucesso, brilha o talento de Chay Suede e Gabriel Leone. Se o primeiro migra da luta por algum espaço para o posto de ídolo de uma geração, Leone é a personificação precisa do jeito de ser de Roberto Carlos Рsem recorrer a caricaturas, como tantas vezes acontece. Malu Rodrigues completa o trio como Wanderléa, em uma atuação mais dedicada a replicar os trejeitos da cantora do que propriamente no desenvolvimento da personagem Рdemérito do roteiro, que foca apenas na proteção (e desejo) da dupla Roberto & Erasmo à caçula do grupo, sem dar a ela alguma profundidade. Esta, é sempre bom levar, é a história de Erasmo e, como tal, analisa apenas o que lhe interessa. Neste intuito, é claro que a amizade com Roberto Carlos ganha um bom espaço.

√Č interessante tamb√©m reparar que, pela quantidade de filmes j√° feitos envolvendo √≠cones da MPB, certas lacunas presentes em¬†Minha Fama de Mau¬†s√£o preenchidas por outras produ√ß√Ķes. Por exemplo, a aus√™ncia de Tim Maia da Jovem Guarda, mesmo integrando o mesmo grupo, est√° na¬†cinebiografia¬†do eterno s√≠ndico. A import√Ęncia de Carlos Imperial, e seu jeito impositivo e muitas vezes destrutivo, vai al√©m da caricatura aqui apresentada por¬†Bruno de Luca¬†e √© (bem) melhor esmiu√ßada no document√°rio¬†Eu Sou Carlos Imperial. Mesmo Elis Regina, aqui apenas mencionada, tem sua ojeriza √†s guitarras apresentada em¬†Elis. √Č a hist√≥ria dos √≠dolos da m√ļsica nacional formando, indiretamente, um imenso painel multifacetado sobre uma √©poca t√£o rica e tamb√©m complexa.

Minha Fama de Mau

No fim das contas, Lui Farias entrega um filme correto, que tenta agradar aos fãs na representação dos bastidores da Jovem Guarda e, ao mesmo tempo, capturar a atenção dos mais jovens pela proposta narrativa empregada, apesar dos claros problemas de unidade. Seu ponto forte é o elenco, bem escolhido e caracterizado, que muitas vezes supera as fragilidades de roteiro e mesmo estruturais, quando claramente percebe-se que havia um orçamento limitado ao rodar certas cenas Рespecialmente as na saída da rádio onde Carlos Imperial trabalhava.

Retrato sonoro e comportamental de uma √©poca,¬†Minha Fama de Mau¬†atende ao objetivo de trazer √†s telonas a hist√≥ria de vida de Erasmo Carlos – mesmo que, para tanto, tenha que desviar o foco de certos √Ęngulos interessantes, e at√© mesmo necess√°rios √† hist√≥ria do movimento. Como curiosidade, vale prestar aten√ß√£o na breve participa√ß√£o da cantora¬†Paula Toller, como a ic√īnica Candinha. Um pequeno mimo a quem viveu a √©poca.

Minha Fama de Mau
Minha Fama de Mau
Título original Minha Fama de Mau
IMDb Rating 6.4 342 votes
TMDb Rating 6.5 20 votes

Director

Lui Farias
Director

Elenco

Chay Suede isErasmo Carlos
Erasmo Carlos
Gabriel Leone isRoberto Carlos
Roberto Carlos
Malu Rodrigues isWanderléa
Wanderléa
Bruno de Luca isCarlos Imperial
Carlos Imperial
Bianca Comparato isNara / Samara / Clara / Lara / Sara
Nara / Samara / Clara / Lara / Sara
Paula Toller isCandinha
Candinha
Felipe Frazão isArlênio
Arlênio
Compartilhamento0

Títulos Similares

Crianças do Sol
Fourteen
Saída à Francesa
Burning Cane
Entre Irm√£os
ViihTube: Amiga do Inimigo
The Electrical Life of Louis Wain
assistir-filme-The Letter Reader-online
Deus √© Mulher e seu Nome √© Pet√ļnia
Em Torno do Sol
A √öltima Jornada
Olhos Azuis

Deixe um coment√°rio

Name *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published