What's happening?

Vídeo 299 Views Report Error

  • Watch trailer
  • DUBLADO
Lego Ninjago: O Filme

Lego Ninjago: O Filme

Descubra sua peça interiorSep. 21, 2017USA101 Min.PG
Your rating: 0
10 1 vote

Sinopse

Lego Ninjago: O Filme

A batalha por NINJAGO City põe em ação o jovem Mestre-Construtor Lloyd, também conhecido como Ninja Verde, ao lado de seus amigos, que são todos guerreiros ninja secretos. Guiados pelo Mestre Wu, que é tão rabugento quanto sábio, eles precisam derrotar o vil senhor de guerra, Lorde Garmadon, “O Pior Cara de Todos”, que também é pai de Lloyd. Com duelos de habilidades e poderes, de pai e filho, o confronto épico vai colocar em jogo o futuro deste corajoso, mas também indisciplinado grupo de ninjas modernos, que terão que aprender a deixar de lado seus egos e se unir para encontrar e libertar seus reais poderes de Spinjitzu.

 

Crítica

No mundo das marcas adaptadas para o cinema, a Lego encontrou uma saída inusitada (e esperta) ao associar a estética dos seus bloquinhos de montar a um ritmo surtado e sarcástico, sem o menor medo de tirar sarro com ícones consagrados. Desta forma, após dedicar um longa-metragem inteiro a revisitar a memória do Homem-Morcego nos quadrinhos, na TV e no próprio cinema, chegou a vez de mirar o holofote para outro ambiente facilmente identificável: as aventuras envolvendo ninjas. Só que, ao contrário do visto em Uma Aventura LEGO e LEGO Batman, o resultado não é tão inspirado.


A coesão narrativa destes três filmes situados em um mesmo universo cinematográfico é escancarada logo de início, seja no trecho live-action ou na própria animação. As já conhecidas piadas ágeis apresentadas em linguagem pop surgem logo no primeiro frame de LEGO Ninjago, a partir da bem-humorada brincadeira de que o filme será exibido “in Lego-scope”. Se a presença de atores causa uma certa surpresa, esta tem por função inserir a animação que vem a seguir na clássica mecânica do mestre/aprendiz, tão comum em filmes do gênero, além de dialogar com a dinâmica existente em Uma Aventura Lego, quando o mundo real interage com o construído a partir de Lego. A coexistência de ambos permite o rompimento de barreiras de lado a lado, fazendo com que, por vezes, o filme como um todo remeta ao nonsense típico de cartoons clássicos.

Quando a animação enfim começa, o espectador de imediato é tragado por um delicioso olhar exagerado e sarcástico acerca do mundo que nos rodeia, tão bem explorado em Uma Aventura Lego. A apresentação de Ninjago a partir de um programa sensacionalista que “acompanha 24h o covil do vilão”, sempre em tom histérico, provoca um imediato paralelo com a estética youtuber que migrou para a mídia tradicional. A ágil apresentação dos personagens principais a partir de mais um ataque do megavilão Garmatron – atenção para o “mais um”, detalhe importante para a dinâmica deste universo -, funciona bem tanto pelo lado da ação quanto da diversão, a partir das breves piadas em torno da estética Lego. Até então, tudo funciona muito bem em Lego Ninjago.

Lego Ninjago: O Filme

Só que, pouco a pouco, o filme perde ritmo e, também, interesse. À medida que a narrativa é melhor desenvolvida, a partir da lacuna emocional deixada no jovem Ninja Verde por ter sido abandonado ainda bebê pelo próprio pai, o vilão que tanto combate, o filme recorre a clichês batidos envolvendo não só o relacionamento entre pai e filho como, também, o universo dos ninjas. A repetição desenfreada atinge até mesmo a estética Lego, com a presença cada vez mais rara de situações inspiradas e mesmo das referências pop, que tanto marcaram a franquia. É como se a inspiração, subitamente, tivesse acabado.

Com uma metade final extremamente arrastada, Lego Ninjago perde força de uma maneira impressionante. Por mais que ainda traga ecos dos Power Rangers na construção do grupo ninja e beba de uma estética consagrada, o abandono do ritmo frenético e do olhar sarcástico em detrimento de uma história mais melodramática cobra seu preço. Também porque os personagens centrais não são tão emblemáticos assim e sequer são bem desenvolvidos – com exceção do Ninja Verde e de Garmatron, pouco se sabe dos demais além de seus poderes.

Apesar da irregularidade e de ser inferior aos filmes Lego anteriormente lançados, Lego Ninjago possui bons momentos, especialmente na meia hora inicial. Destaque para o belo trabalho de Eduardo Borgerth na voz nacional do vilão Garmatron e para a adaptação dos diálogos para o linguajar popular brasileiro, que resultou em bem inseridas pérolas do nosso cotidiano.

Lego Ninjago: O Filme
Lego Ninjago: O Filme
Lego Ninjago: O Filme
Lego Ninjago: O Filme
Lego Ninjago: O Filme
Título original The Lego Ninjago Movie
IMDb Rating 6.0 22,802 votes
TMDb Rating 6.5 554 votes

Director

Paul Fisher
Director

Elenco

Dave Franco isLloyd (voice)
Lloyd (voice)
Justin Theroux isGarmadon (voice)
Garmadon (voice)
Fred Armisen isCole (voice)
Cole (voice)
Abbi Jacobson isNya (voice)
Nya (voice)
Olivia Munn isKoko (voice)
Koko (voice)
Kumail Nanjiani isJay (voice)
Jay (voice)
Michael Peña isKai (voice)
Kai (voice)
Zach Woods isZane (voice)
Zane (voice)
Jackie Chan isMaster Wu (voice)
Master Wu (voice)
Randall Park isChen the Cheerleader (voice)
Chen the Cheerleader (voice)
Compartilhamento0

Títulos Similares

Duro de Matar 4.0
Robot Riot
Rogue Hostage
Ferry
O Guardião dos Mundos
Fuga Alucinante
Tá Dando Onda 2
Madrugada dos Mortos
The Ice Road
Cut Throat City
Perseguição
Justiça em Família

Deixe um comentário

Name *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published